Piso vinílico no teto: o que você precisa saber e como fazer?

Piso vinílico no teto: o que você precisa saber e como fazer?

Conheça os detalhes dessa divertida e criativa aplicação

Piso Vinílico Orquídea – Linha Essence Coleção Heritage – Tarkett

Que o vinílico vai muito bem nas aplicações em pisos e paredes, você provavelmente já sabe. Mas você sabia que o piso vinílico no teto também é uma ótima opção, cada vez mais considerada e bem avaliada por profissionais de arquitetura e design de interiores?

Como já explicamos aqui no Blog da Tarkett, o vinílico reúne mais benefícios que outros tipos de revestimentos em ambientes internos, como o laminado ou a dupla cerâmica/porcelanato, destacando-se sobretudo pelo conforto térmico, acústico e praticidade de manutenção.

No teto, essas vantagens não só permanecem como também são potencializadas pelo fato do vinílico ser leve, rápido de instalar e que ainda proporciona uma ampla variedade de cores e texturas como alternativa ao tradicional acabamento com pintura.

Confira neste artigo da Tarkett, a líder mundial em pisos vinílicos, tudo que você precisa saber e como fazer a instalação no teto.

Posso instalar piso vinílico no teto?

É possível instalar o piso vinílico no teto, desde que sejam do tipo colado e que a laje passe por uma avaliação similar ao passo-a-passo aplicado aos contrapisos. É primordial que ela esteja acabada, nivelada e impermeabilizada para você não errar na instalação.

Caso o teto já possua um acabamento em pintura, é preciso lixar a superfície para que haja uma melhor aderência. Já em forro de gesso, a dica é consultar primeiro se há compatibilidade entre o adesivo e esse material.

Antes de iniciar a instalação no gesso, é recomendado aplicar seladora. Outro ponto importante é que, se as emendas não estiverem completamente lisas, você terá de regularizar toda a superfície com massa e depois lixá-la.

Com o local de instalação definido e preparado, é hora de escolher o modelo. Dê preferência às réguas e placas de LVTs com espessura entre 2 e 3 mm pois, além de mais leves, elas não precisam de proteção extra contra o tráfego como ocorre no piso.

Vale considerar espessuras diferentes a depender do nível de conforto adicional que alguns cômodos exigem – o piso então poderia ser mais espesso nos quartos ou no home-office, por exemplo.

Outro fator importante a se considerar é o estilo da decoração. O padrão mais procurado para essa aplicação é o amadeirado, pois ele é capaz de agregar o aconchego visual característico da madeira. Sendo assim, um teto com piso vinílico amadeirado tende a funcionar melhor em ambientes com paletas neutras, combinado a cores como o cinza e o bege.

A escolha da tonalidade também é importante, pois quanto mais escura, maior será o efeito visual de rebaixamento do teto – confira esses e outros efeitos clicando aqui. Isso pode ser desejável e acolhedor em ambientes com pé-direito alto, mas pode ser um complicador naqueles muito baixos. Por outro lado, tonalidades mais claras tendem a dar amplitude.

Como instalar piso vinílico no teto?

No teto, a instalação é similar ao que ocorre no contrapiso ou na parede, ou seja, passa primeiro por uma avaliação das condições da laje, depois pela aplicação do adesivo e por fim a instalação das réguas e placas vinílicas.

Por proporcionar um ângulo de visualização e instalação mais desafiador do que o convencional, é ainda mais importante que o desenho e o sentido da paginação na laje sejam definidos previamente por profissionais.

Falando em auxílio profissional, a Tarkett sempre recomenda que a instalação de vinílicos, seja qual for a superfície, seja executada por profissionais capacitados de empresas habituadas a esse tipo de aplicação.

Existe outro revestimento vinílico para instalar no teto?

Uma alternativa aos LVTs para aplicações no teto pode ser a linha de revestimentos vinílicos de parede desenvolvida pela Tarkett, a Artwall.

Com base têxtil e superfície lavável, é uma opção prática e visualmente uniforme, além de oferecer uma cartela de cores moderna e elegante.

Agora ficou ainda mais fácil instalar o piso vinílico no teto, não é mesmo? Se você ainda ficou com alguma dúvida, fique à vontade para nos perguntar utilizando a caixa de comentários abaixo!

Leave a comment